Arquivo

Posts Tagged ‘vendas’

Pôneis são vendedores?

setembro 1, 2011 2 comentários

Há semanas não se vê uma roda de conversa que não tenha alguém cantarolando ou citando a música dos pôneis malditos, do comercial mais recente da Nissan no Brasil.
Sei que já é o terceiro ou quarto post em que falo da Nissan aqui, mas é um sinal que eles estão mesmo incomodando e aparecendo no mercado automobilístico e publicitário do país.

Porém, uma dúvida que apareceu na última aula que acompanhei semana passada na Cásper Líbero, foi se essa campanha teve impacto direto nas vendas da montadora.
Muitos alunos apostando que houve aumento nas vendas e no conhecimento da marca (brand awareness) Nissan. Quando perguntamos pra sala se alguém lembrava do nome do carro que estava sendo anunciado, só 1 aluno soube responder Frontier.

Ao meu ver, seria interessante a Nissan continuar com a campanha expandindo para o marketing direto, com o intuito de aproveitar o buzz gerado pelo comercial e tentar transformar aquilo diretamente em vendas ou interesse do consumidor em ir até a loja. Mas até onde minha pesquisa pôde ir, parece que não foi realizado nada nesta área, o que acho um grande desperdício. (se alguém souber de algo que rolou nesta linha, por favor, me avise que irei mais a fundo ainda!!)

É claro que pensando a longo prazo, a estratégia atual da marca pode trazer resultados satisfatórios em questão de lembrança de marca e consideração na hora do consumidor escolher o seu próximo carro. Porém, será que as equipes de vendas e produção estão concordando com essa onda de comerciais “descolados”, se eles não estiverem vendendo mais, nem atingindo suas metas? Realmente eu não tive acesso ao resultado de vendas (pesquisei bastante, juro!), mas o pouco que achei na internet é que a Nissan não está divulgando seus últimos relatórios de vendas, somente citando que a estratégia está dando certo.

Enfim, o que vocês acham? Será que realmente esse tipo de campanha vai impactar no resultado de vendas e na percepção de qualidade da marca por parte dos clientes?
Ou será que os únicos números encontrados a respeito da campanha serão milhões de views no Youtube, dezenas de paródias de todos os tipos, milhares de menções no twitter, comunidades no Orkut e Facebook, e posts desconfiados como este?

Para quem quer curtir e ficar com a música na cabeça por mais 3 dias, pode rever o comercial aqui: